Paulinho deixa o Barcelona e acerta retorno ao futebol chinês. Neste domingo (8), o Guangzhou Evergrande anunciou em seu site oficial o retorno do volante, um ano após sua venda ao Barcelona


TRANSFERÊNCIA
 Paulinho deixa o Barcelona e acerta retorno ao futebol chinês
 © Getty Images

Dois dias após a eliminação do Brasil para a Bélgica na Copa do Mundo, Paulinho acertou sua volta ao futebol chinês. Neste domingo (8), o Guangzhou Evergrande anunciou em seu site oficial o retorno do volante, um ano após sua venda ao Barcelona. O jogador será emprestado até junho de 2019 com opção de compra.

Ao contrário da maior parte da delegação do Brasil, que desembarcou no Rio de Janeiro neste domingo, o jogador viajou a Barcelona no sábado (7). Segundo informações apuradas pela reportagem, o time chinês ofereceu ao jogador de 29 anos o dobro do que ele costumava receber na primeira passagem pelo Guangzhou, valor que girava entre R$ 2 milhões e R$ 2,5 milhões por mês.

Pessoas ligadas a Paulinho dizem que o "caminhão de dinheiro" oferecido é irrecusável. O estafe do atleta já vinha conduzindo a negociação e aguardava o fim da participação do Brasil na Copa.

Horas após o anúncio do Guangzhou Evergrande, o Barcelona oficializou o empréstimo por um ano com opção de compra aos chineses. "O clube expressa publicamente sua gratidão a Paulinho pelo seu compromisso e sua dedicação e lhe deseja sorte e êxitos no futuro", anunciou.

Jogador do Guangzhou Evergrande entre 2015 e 2017, o volante foi vendido ao Barcelona em agosto do ano passado. Pela equipe asiática, o atleta venceu duas edições do Campeonato Chinês, uma Liga dos Campeões da Ásia, uma Copa da China e também uma Supercopa.

Antes de Paulinho, o clube chinês já havia anunciado a contratação do meia Anderson Talisca, proveniente do Benfica, após duas temporadas emprestado ao Besiktas.

 Além deles, a equipe comandada pelo italiano Fabio Cannavaro também conta com os brasileiros Ricardo Goulart e Alan. O treinador usou sua conta no Twitter para dar as boas-vindas ao jogador brasileiro.  

(Com informações da Folhapress)

# Compartilhar

DEIXE SEU COMENTARIO

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário